Seria Dantadd, Inoscente Como Jesus Cristo?

Se você acompanha a existência de algumas musas fitness, como Gabriela Pugliesi, neste instante precisa ter ouvido falar do “bulletproof coffee” (café à prova de balas, em livre tradução do inglês). A bebida bem como é modinha entre os coachs de carreira e lifestyle, tudo por causa de este “novo café” teria outras propriedades especiais, como acrescentar o questão e a queima de gordura. Porém, no final das contas, do que é feito o bulletproof coffee? A receita do café foi formada por Dave Asprey, ex-executivo de tecnologia do Vale do Silício após uma viagem ao Tibete, onde ele experimentou um chá tradicional com manteiga que o deixou com muita energia e sensação de saciedade.

Advertisement

Foi aí que ele desenvolveu o bulletproof coffee, que nada mais pertence ao que café orgânico coado na hora e livre de microtoxinas (substâncias químicas produzidas por fungos), manteiga ghee e óleo de coco. A ideia de Asprey, que posteriormente lançou o livro “Bulletproof - A Dieta À Prova de Bala” (Ed. Ou melhor, nada de pães e frutas.

E essa bebida de fato faz bem para a saúde? Ainda não se entende. Pela avaliação das especialistas ouvidas pelo UOL, são necessários estudos que comprovem que essa mistura pode amparar no tópico e na perda de gordura. “Sou contra essa mistura de cafeína com manteiga e óleo de coco. Pra mim, não passa de um modismo. Se o propósito de quem toma o bulletproof coffee é perder gordura, essa mistura poderá tirar ainda mais a meta. Tudo isso por causa de o cafezinho preto tem quase zero calorias, no tempo em que o bullet pode ter, em média, de 150 a 270 calorias.

Advertisement

“Tudo que tem cafeína neste momento aumenta o metabolismo e socorro a focar. Não precisa agrupar gordura no café. Cada grama de gordura tem nove calorias, desse jeito, dependendo da quantidade de óleo de coco e ghee, o café vai ficando mais e mais calórico”, fala Maria Fernanda. O óleo de coco aumentaria o sentimento de saciedade, ao fazer com que o esvaziamento do estômago fique mais devagar, e também provavalmente ter um efeito termogênico, aumentando o metabolismo.

“No entanto, há uma lacuna pela ciência. Não apresenta pra declarar que esse óleo traz todos esses proveitos. Tem gente comendo óleo de coco de colherada, como se fosse um medicamento e isso traz riscos”, explica Clarissa Fujiwara, nutricionista do departamento de Nutrição da Abeso (Liga Brasileira pro Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica). Prontamente a manteiga ghee ficou famosa entre quem pesquisa perder peso, porque seria a opção mais saudável entre as manteigas e margarinas existentes. “Ela é extraída da manteiga tradicional, que passa por um procedimento de retirada de líquidos e outros componentes, como a lactose. Ela seria uma gordura mais saudável para o cozimento por não liberar substâncias nocivas à saúde em altas temperaturas”, explica Clarissa.

Advertisement

Além da falta de estudos científicos em cima dos dois alimentos, o superior defeito, segundo as especialistas ouvidas pelo UOL, é o acontecimento de eles serem ricos em gordura saturada. “Quanto mais evitarmos alimentos ricos desse tipo de gordura, melhor. ] que, no futuro, podem transportar a doenças cardiovasculares e coronarianas, como derrames e infartos”, explica Maria Fernanda.

Para evitar o acrescentamento de colesterol, Clarissa explica que a própria SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia) restringe o consumo de gorduras saturadas em 7% do total de calorias ingeridas em um dia. Um efeito secundário dos alimentos ricos nesse tipo de gordura é o acrescento de peso que podes levar a síndrome metabólica e diabetes. ]”, fala Maria Fernanda. O café bulletproof foi o ponto de largada pra construção da dieta bulletproof. “É uma dieta que mistura algumas técnicas de outros tipos de regimes, como o do jejum intermitente.

Advertisement

A contestação é que ela é apto de acrescentar o nível de energia e produtividade, entretanto, não há evidências científicas que conseguem ser atribuídas a ligação dos ingredientes propostos pelo empreendedor”, fala Clarissa. Área Da Saúde Ganha Reforço Com Inovações Tecnológicas com a nutricionista da Abeso, a apoio da dieta desenvolvida por Dave são gorduras, como azeite de oliva, abacate e carnes e peixes que não tenham sido criados confinados. “Além do café pela cota da manhã, Dave recomenda, no almoço, uma porção de carne, frango ou peixe que tenham sido fabricados de forma livre, acompanhados de vegetais orgânicos.

Share This Story

Get our newsletter